segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Casamento Musical

Um tanto quanto inusitado, esse casamento musaical, foi bastante divertido! Dêem uma olhada. Quem sabe não seja a inspiração para você, que quer fazer algo diferente?


Beijão!

domingo, 27 de setembro de 2009

Receita de açúcar impalpável


Como prometido, abaixo envio a receita do açúcar impalpável. Ele é ideal para polvilhar os bem-casados e outros docinhos de festa. Vamos lá então:

Açúcar Impalpável

Açucar de tão fino que não se percebe nas mãos. Sim o açucar impalpável é uma mistura de açucar de confeiteiro com amido de milho (maisena) na proporção de uma colher para 180g de açucar, ou seja 3 colheres de amido para meio quilo de açucar.Bata bem no liquidificador.

Este açucar serve para polvilhar pastéis, sonhos e sobremesas.

Então meninas, anotem que é moleza!

Beijinhos!

FUIZ...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Os bem-casados - Testando! - Receita 02

No post anterior falamos sobre a receitas dos bem-casados em forma de biscoitinho. Mas, como todos sabemos, bem-casados não são feitos de uma maneira só. Há quem diga que bem-casado original é bem-casado de bolinho, não biscoito! Mas enfim, creio que tudo não passe de regionalismos e costumes dos locais em si.

E estávamos, meu noivo e eu passeando pelo supermercado, durante as férias e nos deparamos com essa caixinha simpática:
Então, resolvemos testar e ver qual seria o resultado desta receita. É uma caixinha que já vem com tudo: mistura para bolo, açúcar de confeiteiro, mistura para doce de leite. Custa cerca de R$7,80. Na verdade, fora a mistura pronta, só vai ser necessário acrescentar água e ovos! Sem fotos pessoal, pelo mesmo motivo da falta de fotos do post anterior, mas vamos às minhas conclusões:
  • A massa fica macia e deliciosa!
  • Não gostei da mistura para doce de leite que acompanha, prefiro um doce de leite comprado separado. Mas eu sou enjoada, gosto de coisa beeem doce! Fica a dica, mas cada um pode testar, vale a pena, pois cada gosto é diferente.
  • É muito mais prático! Depois de pronto, é só cortar ao meio, rechear, banhar (ou polvilhar) com o açúcar e voilà!
O Modo de Fazer é super simples! De posse da caixinha e suas devidas misturinhas, você precisará apenas seguir as instruções da própria embalagem. Então, após o bolo pronto, corte-o ao meio, e recheie. Mais uma vez, recomendo um doce de leite em separado, achei esse meio aguado ao final e fiz exatamente como segue na embalagem. Após estar pronto, você tem as mesmas opções do biscoito da receita anterior: caramelizar ou polvilhar com o açúcar. Por ser um bolinho, ele dura menos que o biscoito, creio que uns 4 dias e deu, daí pra frente dá aquela endurecidinha básica. A receita rende cerca de 20 bem-casados também.

Vamos, portanto aos custos do produtos com e sem o uso do doce de leite em separado. Lembrando que usei exatamente um potinho de 500g para cada receita, ok?

Orçamento

Bem-casado utilizando o doce de leite da caixinha:

CUSTO TOTAL DE RECEITA (contando os ovos) - R$8,43.
CUSTO DO BEM-CASADO - R$0,43.
CUSTO DA DECORAÇÃO DO BEM-CASADO - R$0,25.
CUSTO TOTAL DE CADA BEM-CASADO - R$0,68.


Bem-casado utilizando o doce de leite comprado separado:

CUSTO TOTAL DE RECEITA (contando os ovos e doce de leite) - R$11,93.
CUSTO DO BEM-CASADO - R$0,60.
CUSTO DA DECORAÇÃO DO BEM-CASADO - R$o,25
CUSTO TOTAL DE CADA BEM-CASADO - R$0,85.

Bom, se você olhar com cuidado, dessa forma o bem-casado sairá mais caro. Mas também você ganhará tempo e na praticidade. Portanto, vale a pena pesar, ver qual é sua prioridade e, então, investir naquilo que você acha melhor!

Beijos!

FUIZ...

domingo, 20 de setembro de 2009

Os bem-casados - Testando! - Receita 01

Olá pessoal!

Como boa noivinha que sou, obviamente chegou a época dos testes. Nessas férias, meu noivo e eu testamos duas receitas de bem-casados. Eu só não postei ainda pelo fato de meus dias estarem muuuito ocupados. Sem tempo pra quase nada, mas enfim.

Primeiramente, testamos a receitinha que eu já havia publicado AQUI, num vídeo da Globo. Para facilitar a vida de vocês, transcrevo a receita abaixo:

Bem-casados

Para o biscoito

- 2 ovos inteiros com as gemas peneiradas
- 2 gemas peneiradas
- 100g de açúcar refinado
- 100g de farinha de trigo
- 40g de amido de milho
- 1 colher de chá de essência de baunilha

Para o recheio

- 400g de doce de leite pasteurizado
- 400g de açúcar de confeiteiro
- 150ml de água filtrada
- 1 colher de café de ácido cítrico
ou
- 1 colher de café de limão

Modo de Fazer

Bater as gemas, o açúcar, e a essência de baunilha, e bater em velocidade máxima por aproximadamente 15 minutos, até a massa crescer e ficar consistente. Então, peneirar a farinha de trigo e o amido de milho e incorporar levemente, à mão.

Utilizando um saco de confeitar com bico liso de diâmetro maior, faça os císculos de massa em uma forma forrada com papel manteiga. Faça pequenas bolinhas com diâmetro aproximado de 3cm, dando espaçamento para que elas possam crescer.Então asse em forno médio por cerca de 20 minutos ou até elas dourarem levemente.

Retire do forno, espere esfriar e case com o doce de leite. Use uma farta camada de doce de leite.

Para finalizar a receita, dê o acabamento, que pode ser feito de duas formas:

1- Peneirando açúcar de confeiteiro sobre os biscoitos.
2- Preparando uma calda com o açúcar, a água filtrada
e o ácido cítrico. Misture e, logo que abrir fervura,
desligue. Banhe estes nela.

Rendimento - a receita rende, em média, 40 biscoitos que, casados, dão um total de 20 bem-casados.


Ok, pessoal, aí vai a foto dos bem-casados que meu noivo e eu preparamos. Vejam bem, não ficaram assim liiindos de morrer, foi a primeira vez e improvisamos um bico de confeitar com papel manteiga. Mas com um bico de confeitar bacana, ficarão lindos. Vamos lá:

Hahaha, podem rir, não ficaram todos iguais, mas ficarão! Bom, o que eu posso dizer? Fiz alguns testes. E dou algumas dicas a respeito, portanto:
  • Siga a dica de esperar esfriar antes de desgrudar do papel manteiga. Mas NÃO ESPERE DEMAIS. Uns poucos minutinhos são suficientes, ou o papel grudará.
  • Antes de fazer as receitas, compre e use em casa alguns doces de leite, e escolha o melhor. Faz TODA a diferença. Recomendo o MU-MU e, não sei se esse tem em todo o Brasil, Dobon. Muito gostosos, cremosos, mas não em excesso!
  • Vale a pena CARAMELIZAR. Fica muito mais gostoso e dá menos "sujeirinha" na hora de embalar.
  • Não ponha doce de leite demais, e utiliza um tipo que seja mais forme ou, na hora de embalar, vira uma melequeira.
  • Se decidir polvilhar com açúcar, como fiz nesses da foto, use açúcar impalpável (ou de confeiteiro). Caso não tenha em sua cidade, logo mais coloco a receita para vocês, é moleza e fica com a aparência muito melhor.
Também testamos a durabilidade do doce. Primeiramente, ao fazê-los, num primeiro momento eles ficam bem firmes, durinhos, tipo "biscoito" mesmo. Então, com o tempo, o doce de leite vai fazendo os doces amaciarem, ficam deliciosos! De um dia pro outro, ficam melhores ainda! Testamos quanto tempo duram após prontos. Fora da geladeira testamos por cerda de uma semana e não estragaram. Claro, o tempo estava frio aqui no Sul, portanto recomendo cautela nesse caso. Ma dá para fazer uns dias antes. E a cada dia que passa, parece ficar mais gostoso, e não endureceram.

Agora vamos o que nos interessa: o orçamento da receita.
  • Utilizando 2 ovos inteiros + 2 gemas, você vai "inutilizar" 4 ovos. Gasto - R$0,85
  • 100g de açúcar refinado. Gasto - R$0,24.
  • 100g de farinha de trigo. Gasto - R$0,20.
  • 40g de amido de milho - Gasto - R$0,16.
  • 1 col de chá de essência de baunilha - Gasto - R$0,05.
  • 400g de doce de leite pasteurizado - Gasto - R$3,50.
  • Rolo de papel manteiga para forrar a fôrma. Gasto - R$2,44.
Custo total da receita - R$7,44.
Custo de cada bem-casado - R$0,38 aproximadamente.


Agora vamos falar de custos com embalagem. Você pode comprar plástico filme e papel crepom e fazê-la. Encontrei em uma lojinha que vende produtos para festas, um Kit bem bacana da Maxiformas que vem com 40 quadradinhos de papel crepom na cor que você quiser, e 40 quadradinhos de plástico higiênico para envolver os bem-casados. Vejam como é:

O Kit usta R$4,20, ou seja, dá para embalar duas receitas com ele. O custo por bem-casado é de R$0,11. Eu vou colocar uma fita mimosa para enfeitar. A fita mimosa sai por aproximadamente R$3,30 a peça com 10 metros. Digo aproximadamente, pois varia bastante de cidade para cidade e até entre estabelecimentos. Para cada bem-casado recomendo a utilização de 40cm de fita. Mas é sempre bom testar antes, fazendo o primeiro bem-casado e tirar a medida por ele, pois depende do tamanho do doce. Dessa forma, contamos mais R$0,14 de gasto com a fita. Portanto:

CUSTO DA PREPARAÇÃO DO BEM-CASADO - R$0,38.
CUSTO COM ORNAMENTAÇÃO DO BEM-CASADO - R$0,25.
CUSTO DE CADA BEM-CASADO - R$0,63.

Eu acho MUITO em conta esse preço já que, pronto, você não pagará menos de R$1,20 (isso pensando em uma doceira BEM BARATEIRA) por unidade do doce pronto.

Infelizmente, não tirei fotos dos bem-casados prontos, pois acabou a bateria da câmera digital logo e, como a câmera não era nossa (esqueci a minha aqui em Palmeira), acabamos ficando sem fotos. Mas logo que eu os fizer para a festa, mostro para vocês!

Beijos gente!

FUIZ...

domingo, 13 de setembro de 2009

Download do modelo do meu convite

Gente, aos que pediram, aqui vai o meu convite para download. Segue o link abaixo.


Bom, como fizemos? Eu disponibilizei apenas o "esqueleto", já que frase, nome de pais, noivos, data, etc serão individuais, certo? Esse modelo já dispõe dos "riscos" em uma cor bem fraquinha, para serem feitos os cortes arredondados. Para editá-lo, você vai precisar de um editor de imagens, como Photoshop, ou outro. Aí basta inserir os dados.

Se alguém quiser, uma silhueta de noviso mais personalizada, meu noivo faz, ele cobra R$50,00 pela silhueta e já entrega o modelo pronto. Mas, óbvio, seguindo os mesmos padrões do nosso, já que ele não vai ter tempo de criar uma arte toda nova. O máximo que dá seria mudar a cor do nome dos noivos.

Voltando ao "modo de fazer":

- Use um papel de boa qualidade. Recomendo os seguintes papéis: couchè, verget, pérsico, casca de ovo, ecografit. São os melhores, mas se você ir a uma livraria, basta pedir por papéis específicos para confecção de convites, eles saberão indicar uns bons. Os da FILIPAPER são os de melhor qualidade.

- Para imprimir, basta abrir a imagem e mandar imprimir. NÃO UTILIZE O MODO ECONÔMICO ou você correrá o risco de a qualidade do convite sair comprometida.

- Se você já tem cartucho de tinta, seja esperta(o): RECARREGUE. Uma recarga não custará mais que R$16,00 e você terá uma enorme economia, com a mesma qualidade de impressão. Com pouco menos de um cartucho imprimi 100 convites. Se quiser rever os custos desse convite, é só ir AQUI. Você verá os custos e o modelo, para quem não lembra bem.

- Outra dica bacana, é combinar a cor da fita com uma das cores da sua decoração.

- Se quiser utilizar envelope, também combine com a decoração. Mas este convite já foi feito para ser entregue SEM envelope, e reduzir mais um dos gastos.

- Para a fita, use fita de tecido. Utilizei o que chamamos aqui (não sei se é chamada assim em outros estados) de "fita mimosa" que é um tecido brilhosinho bem bonitinho. Fixe na parte de trás com um pinguinho de cola de uso escolar mesmo. Dê um lacinho caprichado na vida (vale caprichar no laço, hein?) e pronto!

- Fixe os cartõezinhos de R.S.V.P. na parte inferior esquerda, com um mini clipe de papel escondidinho dentro do mesmo. Fica bem bacana! Capriche na formatação destes, dá pra fazer no Word mesmo, mas use uma fonte simples, que dá uma leitura melhor com letras pequenas, já que você terá de fazê-lo pequeno, até para não prejudicar o visual do convite em si.

Bom, é isso, espero que gostem!

Ainda não consegui responder todos os e-mails, estou com pouco tempo, mas tenham calma, se eu não cheguei em você ainda, uma hora eu chego, hehehe...

Beijos pessoal!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O Segredo do Casamento

Hoje decidi postar algo diferente, mas que vocês que chegam aqui, e eu que escrevo, precisamos mais que tudo isso: o segredo de uma união estável. Na minha visão "anos 20", casamento é pra vida toda. A sociedade prega o "se não der certo, separa" há mais tempo do que eu me lembre. Nos ensinam a lutar pelos nossos direitos, a "fisgar" companheiros (as) ideais, a exigir nossas vontades feitas. Mas ninguém nos ensina a manter e lutar por um relacionamento. Isso é mais difícil que encaixar os gastos com a festa dentro do orçamento. Você pretende se casar hoje para, na primeira dificuldade, descer do barco? Eu não.

Visitei hoje o blog de uma menina, a Juh, que postou esse texto, que realmente me deixou feliz. Vamos a ele:

O Segredo do Casamento
por Stephen Kanitz


"Meus amigos separados não cansam de me perguntar como eu consegui ficar casado 30 anos com a mesma mulher. As mulheres, sempre mais maldosas que os homens, não perguntam à minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo. Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo. Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas, dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue.

Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade, já estou em meu 3º casamento, a única diferença é que me casei 3 vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano, está em seu 5º, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes do que eu. O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, voltar a se vender, seduzir e ser seduzido.

Há quanto tempo vocês não saem para dançar? Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial? Há quanto tempo não fazem uma lua de mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção? Sem falar nos inúmeros quilos que se acrescentaram a você, depois do casamento. Mulher e marido que se separam perdem 10 quilos num único mês, por que vocês não podem conseguir o mesmo? Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugares desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo e a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.

Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Muitas vezes não é sua esposa que está ficando chata e mofada, são os amigos dela (e talvez os seus), são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação. Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo círculo de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar. Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento.

Mas, se você se separar, sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas, e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior. Não existe essa tal "estabilidade do casamento", nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma "relação estável", mas saber mudar junto. Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensando fazer no início do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, por que não fazer na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.

Portanto, descubra o novo homem ou a nova mulher que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo e interessante par. Tenho certeza de que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças. Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso, de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par."


Tentarei, nesta semana, pôr em dia os e-mails (li todos e vou respondê0los, perdão pela demora), e o blog também, que precisa de novidades. As novidades tenho, só me falta pôr aqui, rs...

Beijos e pensem bem.